sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

CROCHE TUNISIANO HISTÓRIA E ORIGEM

             INFORMAÇÕES TIRADAS  DA NET.


O crochê Tunisiano é originário da Tunísia. Conta-se que surgiu das cameleiras que trabalhavam tiras fininhas de couro e vísceras de animais tecendo agasalhos. Agora ele é moda e invadiu o mundo e no Brasil, começa a aumentar o número de adéptas. O que mais atrai no Crochê Tunisiano é o fato de, com apenas uma agulha longa, com uma extremidade igual a agulha de crochê e do tamanho de uma agulha de tricô, seja possível trabalhar sem que seja necessário virar o trabalho, o que facilita para as principiantes, que necessitam visualizar melhor a execução do trabalho. Além do mais, a trama do crochê tunisiano é firme e indeformável, mesmo após sucessivas lavagens. Com ele, podemos usar todos os tipos de fios existentes no mercado e o que é ainda melhor: com barbante os trabalhos não ficam "emperrando" na agulha.
Seja bem-vinda a este universo do Crochê Tunisiano, dê asas a imaginação e permita-se: você tem muito a brilhar!Crochê ou croché (em francês crochet) é uma espécie de artesanato feito com uma agulha especial, dotada de um gancho. ... O crochê tunisiano é uma técnica semelhante à do tricô manual, porém é realizado com uma única agulha com um gancho na extremidade, tal como a agulha de crochê tradicional.crochê tunisiano, conhecido como crochê/tricô, utiliza uma única agulha, de gancho, onde consegue-se fazer os pontos.


OrigemA palavra foi originada de um termo existente no dialeto nórdico, com o significado de gancho (que é a forma do bico encurvado da agulha utilizada para puxar os pontos), que também originou croc, que em francês tem o mesmo significado. Ninguém tem a certeza de quando ou onde o crochê começou. Segundo os historiadores os trabalhos de crochê tem origem na Pré-história. A arte do crochê, como a conhecemos atualmente, foi desenvolvida no século XVI. O escritor dinamarquês Lis Paludan tentou descobrir a origem do crochê na Europa e fundamentou algumas teorias. A mais provável é a de que o crochê se originou na Arábia e chegou à Espanha pelas rotas comerciais do Mediterrâneo. Também há indícios posteriores da técnica em tribos da América do Sul, que usavam adornos de crochê em rituais da puberdade. Na China, bonecas eram feitas com a mesma técnica. Entretanto, o autor afirma que não há evidência concreta sobre o quão antiga é a arte do crochê.A origem mais provável vem da técnica de costura chinesa, uma forma primitiva de bordado que foi difundida no Oriente Médio e chegou à Europa por volta de 1700. Mas o crochê só começou a ser fortemente difundido em 1800. A francesa Riego de La Branchardiere desenhou padrões que podiam ser facilmente duplicados e publicou em livros para que outras pessoas pudessem começar a copiar os desenhos. Os trabalhos com a técnica do crochê podem ser realizados com qualquer tipo de fio ou material. Tudo depende da peça a ser executada: uma toalha delicada ou uma colcha, um casaco ou um tapete resistente. Atualmente usa-se a técnica para confeccionar variadas peças, tudo depende da criatividade de cada um



2 comentários:

  1. Marly querida você e especial,estou encantada com seus trabalhos e ensinamentos,estou aprendendo muito com você amada,estou começando agora a assumir meu lado artesa que sempre tive,aprendi crochê sozinha aos oito anos de ver as vovós fazerem pois sou canhota e ninguém queria me ensinar!obrigada por sua atenção minha linda,sou de Recife Pernambuco,tenho 50 anos e sou ARTESÃ!🤗😘😘😘😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá bom dia.. grata pela visita e também pelo comentário...bjs no coração.

      Excluir

por favor é muito importante para mim.....antes de sair deixe um comentario...grata....